terça-feira, setembro 29

Envolvendo as crianças nas tarefas domésticas.


Crianças não nascem organizadas, educadas, obediente etc., muito pelo contrario, algumas delas não aprendem nunca - que o digam adultos de agora.

Existem pessoas que são incapazes de ser organizadas. Vá viajar e peça-lhes para molhar as samambaias, e quando voltar o caos se instalou.

Ninguém nasce sabendo e educar é obrigação dos pais.

Não adianta querer que as escolas façam tudo – Disciplina, educação, bons modos, colaboração e organização a gente aprende dentro de casa.

As crianças têm mais necessidade de exemplos do que de críticas, acreditem.

Não sou nenhuma especialista em psicologia infantil, mas a experiência de ser mãe de três me mostrou onde eu errei e acertei.

Quero falar de onde acertei e dividir com vocês aproveitando a semana em homenagem a elas.

Todas as pessoas deveriam saber fazer os serviços básicos de uma casa. Mesmo que venham a ter funcionários, só poderão orientá-los se souberem como é feito e isso é fato.

A limpeza da casa também faz parte da educação dos pequenos

A criança deve aprender a fazer, para respeitar o serviço feito por outros, quando ela aprende que dá trabalho manter um banheiro limpo, uma sala, um quintal, provavelmente aprenderá também a fazer menos sujeira e manter as coisas em ordem e limpas.

Devem desde cedo aprender a guardar seus brinquedos, recolher objetos do chão, organizar seu quarto, e também podem ajudar nas tarefas diárias da casa.

Para elas é uma diversão mexer com água, brincar com o aspirador e se bem conduzida, essa tarefa pode ser muito produtiva para a criança.

Ela aprende a identificar produtos de limpeza, sua verdadeira função e não estará tentada a mexer neles, sabendo que são perigosos e que servem apenas para limpar objetos.

Dê condições para a criança ajudar

Muitas vezes um banquinho ajuda, para ela alcançar a pia.

Compre ou faça um avental do seu tamanho.

Esse ritual ajuda a tornar a tarefa mais lúdica.

Secar e guardar a louça também.

Identificando as peças, para que servem e onde devem ser colocadas.

Sempre com a supervisão de um adulto.

A partir dos cinco anos, você pode introduzir essas tarefas, que costumam ser prazerosas para ela.
Arrumar brinquedos e livros.
Levar a roupa suja para a área de serviço, colocando dentro do cesto.

Ajudar a alimentar os animais de estimação.

Limpar o pó

Ajudar a limpar comida espalhada ou bebidas entornadas.

Ajudar a arrumar as compras de supermercado.

Participar na preparação dos alimentos.

Ajudar a lavar o carro é uma tarefa que elas gostam muito.

Dê uma balde pequeno, um pano de limpeza, igual ao que o pai está usando e deixe elas se divertirem.

Sempre acabam ajudando também.


Elogie sempre, mantendo-as motivadas.


Entre 8 e 12 anos, são perfeitamente capazes de aumentar as suas responsabilidades e cumprir as suas obrigações, desde que o façam de forma contínua.

Pode ser útil estabelecer uma rotina em que é sempre ela que lava a louça do pequeno-almoço ou varre o seu quarto.

Quando adolescente, estará mais preparada para viajar sozinha, tanto a passeio como para estudos

Quando adulta saberá assumir o comando de uma casa.

Até príncipes aprendem essas tarefas.

Porque não nossos reizinhos?

Todo o aprendizado é importante, aprender nunca é demais.

E limpeza e organização do lar são extremamente úteis, afinal uma casa organizada e limpa é muito mais aconchegante e todos se sentem melhor.

Cada casa é um microcosmo, onde os habitantes zelam por seu bem estar, os filhos devem ajudar também.

As mulheres hoje assumiram muitas funções, trabalhando fora e essa ajuda é bem vinda e aumenta os laços entre todos os membros da família.

Algumas tarefas para elas

• Recolher o lixo e colocá-lo lá fora.

• Pôr a mesa e retirá-la depois da refeição,

• Dobrar peças miúdas de roupa, depois de lavadas,

• Guardar as roupas nas gavetas,

• Guardar os CDs e DVDs no lugar,

• Varrer o quintal e a calçada,

• Pegar as correspondência.

Incentivos

Utilize esse instrumento, na medida em que o serviço estiver concluído, por exemplo, alguém pode assistir ao seu filme favorito, um desenho, vai jogar vídeo game brincar com outras crianças, sair para comer um big Mac.

Para os adultos também funciona assim. Primeiro as obrigações depois a diversão nénão?!

Criar um filho significa, basicamente, ensiná-lo a passar sem nós e isso eu consegui.



Os nossos filhos precisam da nossa presença mais do que dos nossos presentes.

Pensem nisso.

fonte:baucoloridodafatima.blogspot.com/

2 comentários:

#PROFª GRASIELA# disse...

OI!!!!!!!!! TEM UM SELINHO LÁ NO MEU BLOG PARA VC. PASSA LÁ PARA PEGAR.
MIL BJOS!!!!!!!!

Regina Gregório disse...

Olá Monica, buscando novos parceiros, me deparei com seu cantinho, que é muito fofo. Adorei. Retribua a visita e me siga também. Bjus

A,B.C,D...

Poderá gostar também:

Related Posts with Thumbnails

Leia com atenção!


Algumas atividades postadas neste Blog não são de minha autoria. Elas foram retiradas de várias fontes, tanto na Internet, quanto em livros. Caso forem encontradas aqui, alguma atividade de sua autoria, ficaria imensamente feliz em dar os devidos créditos. É só deixar um recadinho em um dos links de comentários. Abraços! Professora Monica Ramalho

Filhos

Filhos